Quarta, 15. Agosto 2018
RedGlobe Notícias
feed-image RSS Feed
Statistics

Today: 5797

Yesterday: 27264

Since 01/06/2005: 44090359

Em reunião no Dieese na manhã desta quarta-feira (11), os dirigentes das principais centrais sindicais (CTB, CUT, UGT, Força Sindical, CSB, NCST e Intersindical) afinaram o tom da mobilização nacional programada para o próximo dia 10 de agosto.

"A manifestação terá como principais diretrizes a luta contra o desemprego, a defesa da aposentadoria e o repúdio aos preços abusivos dos combustíveis", diz o presidente nacional da CTB em exercício, Divanilton Pereira.

A última reunião da Organização Mundial da Saúde (OMS) foi palco de mais um episódio em que a diplomacia norte-americana procurou fazer valer a sua força.

Uma reportagem do jornal The New York Times, publicada no domingo (8), destacou que no encontro ocorrido em Genebra, no mês de maio, os EUA pediram para excluir um trecho de uma resolução sobre alimentação de bebês e crianças pequenas que convidava todos os estados-membros da OMS a “proteger, promover e apoiar” o aleitamento materno.

O Coletivo Nacional de Advogadas e Advogados pela Democracia protocolou neste domingo (8) um pedido de prisão em flagrante do juiz Sergio Fernando Moro e do delegado da Polícia Federal (PF) Roberval Drex por ação ilegal no caso do habeas corpus determinando a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva .

De acordo com a entidade, Moro e Drex se recusaram a cumprir uma determinação judicial, agindo "em flagrante delito pelos crimes de desobediência (Art. 330 do Código Penal) e crime contra a administração da justiça (Art. 359 do Código Penal).

A CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) recebe como ato de desagravo a decisão do desembargador Rogério Favreto, que pediu pelo imediato cumprimento da soltura do ex-presidente Lula neste domingo (8).

Preso político há 93 dias sem provas, Lula está refém de um processo que se configurou como mais um golpe contra a democracia. E esse golpe fica ainda mais escancarado quando o juiz de 1ª instância Sergio Moro decide revogar a decisão e manter a prisão sob o argumento de que “o desembargador não tem competência para soltar o réu”.

Depois de 90 dias preso sem provas, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem pedido de habeas corpus acatado neste histórico domingo (8). Lula se entregou no dia 7 de abril e foi mantido quase que incomunicável na sede da Superintência da Polícia Federal pelo juiz de primeira instância Sergio Moro.

Lideranças das principais centrais sindicais se reuniram nesta quarta (4), na sede do Dieese, em São Paulo, para discutir, entre outros assuntos, a organização da mobilização nacional do dia 10 de agosto, o "Dia do Basta".

Na pauta do encontro, a luta por geração de postos de trabalho no país, pela retomada do desenvolvimento, a defesa da aposentadoria, o rechaço à terceirização ampla, à reforma trabalhista e às privatizações e a discussão de financiamento e autorregulação sindical pós-reforma trabalhista.

A Reforma Trabalhista completou 6 meses em maio. Os números do IBGE (PNAD-C) revelam um país com mais desemprego e mais informalidade. E ainda, os trabalhadores estão mais desprotegidos, perderam o acesso à justiça para reclamar os seus direitos e assistem ao desmonte das suas entidades sindicais.

Por Orlando Silva*

O discurso para aprovação da reforma era diminuir os direitos do trabalhador para facilitar o emprego. O Congresso aprovou a reforma dos sonhos para a lucratividade das empresas. Para os trabalhadores, menos direitos; para as empresas o direito de sonegar à vontade os poucos direitos que restaram, seja pelas dificuldades criadas para o acesso à justiça seja pela desestruturação das entidades sindicais de representação dos trabalhadores.

“Bom tarde camaradas.

Ontem (3), obtivemos um dos melhores dias de engajamento em nossas redes sociais. Desde novembro, quando anunciamos a pré-candidatura, estamos num crescimento constante e orgânico.
O resultado de nossas recentes ações organizadas durante o #ManuNoRodaViva e no #ManuNaBand nos colocou em outro patamar de audiência, visibilidade e influência. Ontem, por exemplo, ficamos em primeiro lugar no ranking geral dos pré-candidatos no Facebook e no Instagram; no Twitter, onde temos alcançado a liderança em vários dias nos últimos meses, ficamos em terceiro.

Em São Paulo, a pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, Manuela d’Ávila, participou na tarde desta sexta-feira (29), da Sabatina “Me Explica?”, com jovens do ensino médio, na Casa do Saber. Durante o bate-papo com os adolescentes, Manuela defendeu que a União invista mais recursos na educação infantil.

Real time web analytics, Heat map tracking